Eu amo abraços que afugentam a tristeza

Eu amo abraços que afugentam a tristeza

Gosto de abraços que, mesmo que não resolvam nada, deixem claro para as dificuldades que você não vai desistir ...

Eu amo abraços que unem as partes quebradas de mim, que me afastam solidão e que se enchem de alegria. Porque quando eles nos abraçam com tanta força que quase parece nos destruir, eles estão realmente nos recompondo. Porque são abraços que criam ligações especiais, cheias de harmonia, que param o tempo ...

Nunca haverá quem não aprecie um abraço ou quem diga que é inútil, mas um abraço é necessário para qualquer pessoa em um momento ou outro de sua vida. Existem muitos tipos de abraços, tantos quanto pessoas, situações e relacionamentos, mas cada um deles nos passa uma mensagem diferente.



posiciones de yoga para niños



Os abraços que curam

Diz-se que toda vez que abraçamos alguém com prazer, ganhamos um dia de vida. Paulo Coelho

Muitas vezes o abraço é a melhor terapia, pois somente graças a ele a pessoa pode se sentir forte e seguir em frente. Os abraços são a forma mais rápida de nos comunicarmos com as pessoas que amamos, porque eles dizem muito mais do que palavras.

Unir nossos corpos em um abraço nos enche de alegria, nos permite ser mais pacientes e nos faz relaxar. Sentir-se amado e poder apreciar a paz que o calor de um abraço nos dá também fortalece nossa auto estima .



Na verdade, os abraços nos permitem lidar melhor com a dor, permitem que os outros entendam como nos sentimos e nos permitem mostrar nosso amor e apoio.

Lo amo pero no quiero hacer el amor

4 mulheres

Há tantos abraços quantos momentos ...

Um pequeno abraço pode secar muitos lágrimas

Às vezes, um abraço é puramente físico, resultado do contato de dois corpos, rápido e leve. Outras vezes, ao contrário, os abraços são carregados de emoções, que podem nos fazer explodir e nos fazer sentir emoções indescritíveis.



Depois, há os abraços da alma, aqueles cheios das mais puras intenções e amoroso ... por meio desses abraços entendemos que a paz é gratuita e acessível, pois sentir o outro nos completa e nos permite dar sem pensar no que receberemos.

mulher velha e menina se abraçam
Quando somos submersos por um desses abraços, o tempo para e nossa alma fica harmoniosa, criando uma melodia que preenche o ritmo do nosso coração.

Abraçar a vida é a melhor coisa que podemos fazer pelo nosso bem-estar emocional e para o bem-estar das pessoas ao nosso redor. Isso porque abraços não precisam de palavras para dizer tudo, para isso não é necessário que nossa alma sofra, pois há um abraço para cada tristeza.

Mãos ao alto, isso é um abraço. Atenção, eu te aviso, eu tenho uma alma. E está carregado ...
abraço

Abrace-se ...

Você abraça os outros como você abraça a vida.
Você abraça a vida como abraça os outros.

Você já se abraçou? Vocês transmitiram calor um ao outro? Você aliviou sua tristeza? Você se elogiou pelo que conquistou? O calor de um abraço íntimo e pessoal é essencial para se sentir bem. Assim, trabalhamos a arte do amor próprio, tiramos a armadura e nos afastamos do frio, para nos aproximarmos da autenticidade.

Abraçar-nos significa abrir-nos para nós próprios, sermos capazes de nos ligar a nós próprios e de nos movermos. Porque tocar nossa alma mantém nosso eu interior e nosso exterior juntos.

Se vocês se abraçam, vocês se amam. Se vocês se amam, vocês se reconhecem. E, se você se reconhece, você se constrói. Porque tomar-nos nos braços libera nossas emoções e nos permite chegar mais perto do bem da vida. O abraço é um poema escrito na pele, que nos protege do falso amor, do vício, da idealização e de tudo que nos enfraquece e empobrece, resguardando o valor e a bondade que há dentro de nós.