Dúvidas no amor: sair ou continuar?

Dúvidas no amor: sair ou continuar?

Todos devemos ter tido dúvidas no amor em algum momento. Manter um relacionamento requer sensibilidade, atenção e às vezes muita paciência; por isso não é raro que às vezes nos perguntemos se realmente vale a pena continuar com o nosso atual parceiro, principalmente se já estamos juntos há algum tempo e parte da 'magia' do início se dissipou.

Contudo, embora isso seja bastante comum, muitos de nós não estamos preparados para lidar com esses dúvidas apaixonada e viver muito mal esta situação. Isso significa que ele não é a pessoa certa para nós? Devemos terminar apesar de tudo estar bem até agora?



Às vezes, é verdade que as dúvidas sobre os relacionamentos podem indicar um problema mais profundo que precisa ser resolvido, porque do contrário o relacionamento não vai prosperar. Porém, em muitas outras ocasiões, dúvidas no amor aparecem como as nossas expectativas sobre como um casal deve ser não são realistas. Nesse caso, sentir-se inseguro em relação ao relacionamento não implica em um problema mais sério. No artigo de hoje, aprenderemos a fazer a distinção entre esses dois tipos de dúvidas.



Dúvidas no amor: por que ocorrem?

As dúvidas em um relacionamento podem surgir por vários motivos. Alguns deles não têm nada a ver com a saúde do relacionamento, enquanto outros podem ser indicadores de que uma mudança é necessária. Em geral, as dúvidas mais comuns no amor ocorrem nas seguintes situações :

  • Em resposta a uma mudança (externa ou interna).
  • Quando um dos membros do casal se sente atraído por uma nova pessoa.

Vamos ver os dois.



Mulher triste tocando coração de papel

Quando ocorrem mudanças no casal

Filmes românticos nos machucaram muito. Em quase todas elas mostra-se o início de um relacionamento, quando os sentimentos são mais fortes, tudo parece rosas e as duas pessoas são totalmente compatíveis e passam os dias se olhando nos olhos com expressões estúpidas. No entanto, existem menos câmeras para capturar o que acontece a seguir.

E a verdade é que todos nós teremos experimentado essa sensação algum dia. Quando começamos a namorar uma nova pessoa, às vezes estamos tão apaixonados que só podemos ver os méritos . O mais comum nesses casos é começarmos a ficar juntos e iniciar um relacionamento que nos deixará muito felizes por vários meses.

O problema? Esse sentimento sempre acaba . De acordo com as últimas pesquisas sobre o amor, esta fase (que é tecnicamente chamada de ' Limerenza ”) Tem a duração de três meses a um ano. Depois disso, os sentimentos mudam e o verdadeiro amor romântico aparece. No entanto, a maioria de nós, sentindo que esse sentimento desaparece, fica assustada e passa a ter dúvidas sobre o nosso parceiro, o nosso amor, o do nosso parceiro e o casal.



Se algo assim aconteceu com você, não se preocupe: é a evolução normal do amor. O importante nesses casos é se concentrar em estabelecer uma boa comunicação e Confiar em com a outra pessoa, além de trabalhar para manter a paixão pelo longo prazo. De acordo com várias pesquisas, eles são os três componentes fundamentais de um amor saudável e duradouro.

O mesmo pode acontecer se houver uma grande mudança na vida de qualquer um dos membros do casal. Nessas situações, é fundamental para a saúde do relacionamento que ambos os membros atuem como uma equipe. Em geral, todos os relacionamentos têm altos e baixos desse tipo, mas se o casal mantiver o equilíbrio e os canais de comunicação permanecerem abertos, é provável que a união saia fortalecida.

O que acontece se houver mais alguém?

Mais uma vez, Hollywood espalhou alguns mitos bastante prejudiciais sobre o amor. Nesse sentido, algumas das dúvidas mais frequentes surgem quando nos sentimos atraídos ou acreditamos que nosso parceiro pode se sentir atraído por outra pessoa. Contudo, qu Isso significa que nosso relacionamento está condenado à morte? Não necessariamente.

Casal abraçando dúvidas apaixonado

A verdade é que, para a maioria das pessoas, estar apaixonada não significa que não possam se sentir atraídas por outra pessoa, muito pelo contrário. Isso é por que a decisão de ficar com uma pessoa vem do nosso comprometimento : o de escolher nosso companheiro a qualquer momento em vez de qualquer atração momentânea ou casual.

Se você se sente atraído por outra pessoa e isso faz você duvidar de seu relacionamento, respire fundo. Este não é o fim do mundo, nem o fim do seu relacionamento; pelo contrário, continuar com o parceiro atual ou trocá-lo pela nova pessoa é uma decisão que só você pode tomar, depois de pensar racionalmente e sem se deixar levar pela emoção do momento.

Uma situação muito diferente é, no entanto, a traição. Nestes casos, o problema não é o atração para outra pessoa, mas a quebra de confiança do casal. Ambos os membros da relação devem decidir se acreditam que podem reconstruí-la ou se, pelo contrário, é melhor começar do zero.

O amor termina: o que fazer?

O amor termina: o que fazer?

Sim, é difícil se acostumar com a ideia, mas infelizmente às vezes acontece. O amor acaba e, hoje em dia, isso parece acontecer com frequência cada vez maior.