Ser ou não ser ... um capacho

Ser ou não ser ... um capacho

Fomos ensinados que recusar dar uma mão aos outros significa ser egoísta, que colocar as necessidades das pessoas à nossa volta antes das nossas torna-nos 'pessoas melhores e mais generosas'. Isso, porém, não significa ser capacho de alguém!

nunca dejas de conocer gente



Aprendemos a desistir do que às vezes realmente pensamos e sentimos para não prejudicar ou desrespeitar nossos semelhantes. As pessoas que se tornam capachos permitem que outros os explorem continuamente. Porém, com o passar do tempo, as pessoas 'generosas' (que colocam o seu tempo, a sua casa, a sua ajuda, que estão presentes perante qualquer emergência ou imprevisto) deixam de ser valorizadas e recebem em troca um simples sorriso ou um doce 'obrigado'.



Ser generoso, compreensivo ou bom são qualidades admiráveis, desde que você saiba respeitar certos limites. E o limite está no respeito próprio. Devemos nos respeitar, antes de tudo devemos nos respeitar para valorizar os outros. Nossa casa, nosso tempo, nosso dinheiro, nosso espaço têm exatamente o mesmo valor que os de qualquer outra pessoa.

conocerse a través de los demás



Não é uma questão de egoísmo, mas de valorizar o nosso respeito e o respeito dos outros de uma forma equilibrada. Talvez precisemos ensinar os outros a nos tratar da mesma maneira que os tratamos, sem tolerar o abuso ou ser tão dependente de opinião de outros . Vamos tentar não ser fantoches e aprender a dizer NÃO. Não podemos fazer uma infinidade de coisas apenas para causar uma boa impressão.

Começar a tentar todos os dias a partir de pequenos gestos (fugir de pedidos incômodos, não tolerar chantagens emocionais, etc.) nos fará adquirir confiança e valor na nossa pessoa e em pouco tempo poderemos obter uma personalidade decente, evitando que outros se aproveitem nós ou se beneficiar de nós.

Existem apenas duas maneiras de viver a vida: uma como se nada fosse um milagre; o outro como se tudo fosse um milagre.



Albert Einstein

altruísmo respeito capacho